segunda-feira, 30 de junho de 2008

HERÓIS DAS ALTURAS

*
Os briosos cavaleiros dos céus
-para cujo saber não há labéus,
voando nos avões barulhentos,
sempre ao sabor do azimute,
em voos suaves ou turbulentos,
a sua audácia não se discute.
Mesmo correndo graves perigos,
enquanto olham pelos postigos,
prestam serviços fundamentais
aos que sofrem as agruras da guerra
e palmilham os caminhos infernais
para segurança das pistas em terra.
Bravos pilotos, em voo sobre as savanas,
transportam as boas notícias mundanas
e os alimentos que já escasseiam
sempre prontos, no perigo e na missão,
nas ondas do vento se balanceiam
atentos aos instrumentos do seu avião.
São homens...heróis lá nas alturas,
que nos merecem eterna gratidão;
ajudam a minorar as amarguras
dos soldados que vivem no sertão.
j
in
( Diário de um combatente-Abril 1967)
tirado da net

Sem comentários: