quarta-feira, 28 de outubro de 2009

A BASE DA SAUDADE

No dia 24 deste mês foi dia de "matança" das saudades!
No Restaurante Manjar dos Templários, ali mesmo à mão de semear quando se vira para a Barragem do Castelo de Bode, nas cercanias de Santa Cita e a dois passos da Feira de Santa Iria, que continua a fazer as delícias dos visitantes da cidade dos Templários, essa vestuta Thomar de que D. Gualdim Paes se fez mister promover como lugar de romagem pelos séculos infindos, reuniram-se os saudosos da Base onde se afirmava que "RES NON VERBA" não saberemos nunca porquê.. ou talvez venhamos a saber que a nossa Base era única, senão a primeira entre todas as Unidades da Força Aérea onde primeiro se trabalhava, depois se falava.
Cumpriu-se o programa a preceito e lá tivemos o nosso antigo Capelão, o Padre António Bernardo, a celebrar a Santa Missa em Acção de Graças e sufrágio pelos nossos companheiros que partiram.
Depois... bem... se o bacalhau estava apetitoso, o leitão estava supimpa. Entre umas garfadas e una goles do precioso néctar da região, foram mitigadas as saudades juntamente com a fome... até porque esta é de 3 dias e apenas lá estivemos 1 e incompleto.
Foi bom rever amigos e fazer uma saúde e manifestando o desejo de que para o ano seja possível voltar a reunir a "malta" amiga que, um dia já muito distante, viu fecharem-se as cancelas do Posto 1, pois a Base foi ocupada por outras tropas, outras gentes, outros interesses!
O GALGO continuará sempre a correr por nós, na atitude de caça que sempre foi seu mister... mas nós, que da Base apenas temos a memória dos tempos nela vividos, apenas queremos que a saudade não seja daquelas que nos fazem soçobrar.
A Base Aérea nº. 3 completava a bonita idade de 88 anos! Mesmo não estando dentro dos seus muros, não a esquecemos e cantámos-lhe os parabéns... desejando que esta data se continue a comemorar.
É pela saudade que vamos ganhando a coragem necessária para a continuar a recordar! Ela bem o merece!

Sem comentários: